Ensino Remoto: o que acontece no Ensino Fundamental I?

Ensino Remoto: o que acontece no Ensino Fundamental I?

Aula on line: compromisso  assumido, presença garantida!

Pandemia? Vamos  parar? Quando e como?  Como atender os nossos  estudantes? Quais recursos  usaremos? Daremos aulas on line? Quanto tempo isso tudo vai durar?  Essas foram apenas algumas das inúmeras perguntas que fizemos quando surgiu em nossas vidas algo nunca vivido antes, o Coronavírus e o afastamento social.

                Somos um povo conhecido pela afetividade e acolhimento, somos corporais, expressivos, gostamos de falar olho no olho, de abraçar e de estar junto. De repente isso acabou. A situação é grave e mundial e só nos restou a opção de transformar o ensino presencial em ensino remoto para todas as crianças e jovens. Esse foi o nosso grande desafio!

Nós educadores saímos à procura de recursos tecnológicos e das diferentes maneiras de nos comunicarmos com os estudantes a distância, e mesmo sabendo que isso não bastaria, os professores se reinventaram da noite para o dia, tornando-se verdadeiros telecomunicadores, produtores de vídeos, youtubers e mais, naquele instante percebemos que  teríamos que contar com o apoio das famílias, mostrando à elas que não estávamos transferindo a responsabilidade de ensinar, e sim, solicitando o acompanhamento dos estudantes que  até  então nunca haviam tido esta experiência.

                Não tem sido tarefa fácil para ninguém, as reações foram as mais variadas possíveis, mas apesar de tudo nos surpreendemos positivamente, com a participação e envolvimento dos estudantes e de seus familiares.

Os  recursos tecnológicos substituíram a lousa e os estudantes perceberam que a tela do  computador  vai muito além dos games!

Definimos o nosso formato de ensino remoto caracterizado por diferentes momentos: a aula on-line diária, a realização dos tutoriais que produzimos contemplando os conteúdos da nossa Organização Curricular, gravações em vídeo para ilustrar as aulas e atendimento individualizado às dificuldades.

                Utilizamos as plataformas Google Classroom e Portal Educacional para viabilizar a interlocução entre a escola e estudantes através das atividades, e de uma hora para outra nos  tornamos ligeiros no domínio tecnológico.

                Toda a equipe pedagógica esteve e ainda está mobilizada para um único objetivo, “Continuar ensinando em tempos de confinamento”, longe uns dos outros fisicamente, mas unidos em pensamento. Fizemos grandes descobertas e a mais importante é que o Querer é ilimitado, vence obstáculos e fronteiras tornando qualquer Objetivo possível e é com este espírito que continuamos até hoje.

Temos a consciência de estarmos longe da prática educativa ideal, mas muito mais  perto do pensamento de cada estudante, conhecendo muito melhor como  conseguem aprender e principalmente, descobrindo novas  estratégias que utilizaremos pós-Coronavírus.

                Se por um lado esta pandemia nos afastou fisicamente, por outro, nos abriu horizontes e nos fez descobrir caminhos até então nunca percorridos no território do saber. Certamente não seremos os mesmos quando tudo isso acabar, seremos pessoas melhores numa escola ainda  melhor, o nosso GDV. É com muito orgulho que parabenizo os estudantes, seus familiares e todos os  Educadores GDV, pela garra e vontade para aprender e ensinar.

Fazer as lições e compartilhar on-line, “não tem igual”!

   Mariléa Sguerri Farah  –  Coordenadora Pedagógica EF I –  Unidade II