Em parceria com a CET, Colégio avança em seu Programa de Educação de Trânsito

Em parceria com a CET, Colégio avança em seu Programa de Educação de Trânsito

Mobilidade Urbana/Educação de Trânsito

O Colégio Guilherme Dumont Villares vem atuando junto à CET – Companhia de Engenharia de Tráfego para a melhoria do trânsito nas imediações da Escola. Essas medidas estão sendo acompanhadas por ações de conscientização e educação para o trânsito para alunos, pais, professores e funcionários e se estendem para dentro da sala de aula através de um amplo Programa de Educação de Trânsito.

Há inúmeras razões do por quê se deve ensinar procedimentos sobre trânsito nas escolas, dentre elas, a mais importante é combater o índice de acidentes e mortes no trânsito envolvendo crianças e adultos, que é muito alto em nosso país. Segundo os últimos dados do Ministério da Saúde, cerca de 6 mil crianças, de 0 a 14 anos, morrem; e outras 140 mil sofrem acidentes no trânsito anualmente. Os dados de fatalidades no trânsito brasileiro são alarmantes. Isso precisa mudar! E a mudança começa na escola!

Para atingir esse objetivo, o Colégio Guilherme Dumont Villares tomou a iniciativa de estabelecer uma parceria com o Centro de Treinamento e Educação de Trânsito – CETET, órgão ligado à CET que atua na área de educação com o Programa CET Educação.

Segundo Arlete Cipolini, Gestora de Educação da CET, a atuação do programa na área de educação tem como foco principal o pedestre, que precisa se conscientizar dos seus deveres, obedecer regras e ter um comportamento adequado, seguro e sustentável; quanto aos seus direitos, deve aprender a reivindicar responsabilidade por parte dos motoristas ao dirigir veículos e a pleitear junto ao poder público a conservação das vias.

Sobre a parceria com o GDV, a gestora informa que o programa irá envolver uma série de trabalhos de educação de trânsito dentro da escola. “Iniciaremos uma força-tarefa, com várias atividades interativas já agendadas entre o CET e o Colégio, como teatros de fantoches na Educação Infantil, filmes e ações educativas no Ensino Fundamental e Ensino Médio utilizando recursos de realidade virtual, bate-papo com agentes de trânsito, vivenciando também algumas atividades em nossos espaços na Barra Funda”.

Luiz Eduardo Pesce de Arruda (foto), Superintendente de Educação de Trânsito da CET, fez observações muito relevantes sobre a necessidade do programa. Segundo ele, “o trânsito é a expressão cotidiana mais importante da cidadania, o lugar onde nós exercitamos no dia-a-dia, em relação às outras pessoas, a nossa educação, nossa tolerância, nossa resiliência, nossa capacidade de resolver conflitos sem recursos de violência. Isso deve ser o trânsito! Partilhar o espaço urbano com civilidade e educação é uma missão da educação de trânsito e nisto estamos totalmente empenhados.”

Sobre a instalação de equipamentos de trânsito no entorno do colégio, uma vez que o GDV tem duas entradas, uma em frente à outra (na Av. Gal. Cavalcanti Albuquerque, rua transversal à Avenida Guilherme Dumont Villares), a Associação de Pais e Mestres – APM, inúmeros pais e alunos já manifestaram seu anseio pela instalação de um semáforo. O Sr. Luiz Arruda garantiu que essas ações já estão em andamento e que ouvir a comunidade sobre as necessidades é uma das prioridades da Companhia de Engenharia de Tráfego.