Colégio Guilherme Dumont Villares participa da Olimpíada Brasileira de Robótica

Colégio Guilherme Dumont Villares participa da Olimpíada Brasileira de Robótica

Pela primeira vez em sua história, o Colégio Guilherme Dumont Villares participou da Olimpíada Brasileira de Robótica, que aconteceu no dia 24 de junho, no Centro Universitário FEI, São Bernardo do Campo. A décima edição do evento contou com a participação de quase três mil equipes de todos os Estados brasileiros e do Distrito Federal. Nesta etapa, os estudantes passaram por diversos desafios simulando uma situação de resgate de vítimas em um acidente. Os melhores colocados nesta etapa garantiram vaga na estadual, que acontecerá em agosto.

Em sua estreia na competição, o GDV contou com duas equipes, a Robôrro, com os alunos Daniel Rossi Calmon Costa e Mário Lamberti Gugliel, e a equipe Leadership, com os alunos Eduardo Gazel Geballi, Enzo Vichier Fernandes e Jun Igor, todos do nível avançado do Curso de Robótica. Apesar de não terem obtido pontuação suficiente para passar para a próxima etapa, para eles ficou claro que participar do evento foi muito importante. Como disse o aluno Daniel Rossi Calmon Costa, após a divulgação das notas, “pudemos ver outros robôs e agora sabemos o que precisamos melhorar para vencer em 2017”.

Os alunos também fizeram um tour pelo campus da universidade, conheceram um pouco dos mais sobre os cursos de engenharia oferecidos pela FEI e laboratórios onde são desenvolvidos projetos como carros de Fórmula 1, carros elétricos, robôs autônomos e aerodesign.

Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR) é uma das olimpíadas científicas brasileiras apoiadas pelo CNPq que se utiliza da temática da robótica – tradicionalmente de grande aceitação junto aos jovens – para estimulá-los às carreiras científico-tecnológicas, identificar jovens talentosos e promover debates e atualizações no processo de ensino-aprendizagem brasileiro.