Aluna vence prêmio e se torna embaixadora Goodwall

Aluna vence prêmio e se torna embaixadora Goodwall

Goodwall Creative Awards

A aluna Luana Giacomini Barbosa, da 3.ª série do Ensino Médio, foi a vencedora do mês de janeiro do prêmio Goodwall Creative, uma rede social para estudantes que lhes permite celebrar suas conquistas, ganhar prêmios e bolsas de estudos e se conectar com estudantes e universidades de todo o mundo. Através do aplicativo, os estudantes são incitados a construir um perfil visualmente atrativo que mostre quem são e o que alcançaram em suas trajetórias escolares. “O Goodwall é um aplicativo para estudantes, em que você se inscreve e consegue participar de várias oportunidades como, por exemplo, postar todo o seu currículo, ter acesso a universidades, conversar com estudantes do mundo inteiro e interagir com eles, além de concorrer a prêmios como esse que eu ganhei”, afirma Luana.

Luana Giacomini Barbosa

O aplicativo tambématua como uma ferramenta de recrutamento, pois as universidades norte-americanas estão atentas para o processo extracurricular do aluno, uma vez que, para elas, todos os projetos que o estudante desenvolve em sua vida escolar, além da excelência acadêmica, são muito importantes na hora da seleção e o Goodwall é um meio para que elas garimpem possíveis talentos. Assim, além do prêmio de US$ 250,00 para o estudante do mês, o Goodwall abre a possibilidade de bolsas para as universidades norte-americanas. Segundo Luana, “o Goodwall é uma ponte para quem deseja estudar naquelas universidades. A partir desse aplicativo, seu currículo escolar chega àquelas universidades, que podem oferecer cursos e bolsas de estudos. Então, participar do Goodwall pode abrir muitas portas.”.

Para esta conquista, Luana informou em seu perfil todos os prêmios e conquistas realizadas que obteve ao longo dos anos de sua vida escolar no GDV. “Por exemplo, ser vencedora do Game da Vida, o primeiro lugar na categoria documentário do II Festival de Cinema do GDV, realizados em 2015, o prêmio na categoria Witness Award no KWN 2016, o trabalho voluntário realizado no EDH – Núcleo de Educação para os Direitos Humanos, além de atividades sociais que realizei fora da escola, como na Fundação Lemann e na Harvard Angels. Todas essas atividade formaram a minha “rede de conquistas” que garantiu que eu recebesse esse prêmio”.

Todos os perfis dos participantes do Goodwall passam por uma comissão julgadora. “Os jurados”, diz Luana, “analisam o perfil de cada candidato. Eu concorri na categoria criatividade e coloquei no perfil todas as minhas conquistas criativas, expliquei cada uma delas, coloquei título e fotos. Após a análise de todos os perfis inscritos, o meu foi o escolhido”.

Além do prêmio, Luana foi designada “embaixadora Goodwall” para difundir a participação dos estudantes e popularizar a utilização do aplicativo na escola durante o ano de 2017. Hoje, mais de 650.000 estudantes e escolas de 150 países usam o Goodwall. O aplicativo ajuda a promover uma comunidade positiva e inspiradora para que os jovens se conectem e obtenham reconhecimento por seus talentos e conquistas. “Esse aplicativo é incrível, não só para quem quer estudar fora, mas para quem quer conhecer gente nova, superar seus desafios, conhecer mais de si mesmo. Então, ali você coloca tudo o que você já realizou e conquistou e obtém um processo de autoconhecimento muito maior”, conclui Luana.