Publicado em 17.04.2018 - Em sala de aula - Sem comentários

IMG_0385              IMG_0386

IMG_0387              IMG_0388

IMG_0389              IMG_0390

O Ensino Híbrido é uma abordagem que combina espaços, ferramentas e estilos de aprendizagem para potencializar o desenvolvimento de cada aluno. Há diversas formas de aplicá-lo – e uma delas, que vem mostrando resultados positivos, é a Rotação por Estações de Aprendizagem.

A Rotação por Estações de Aprendizagem consiste em criar uma espécie de circuito dentro da sala de aula onde os estudantes, divididos em pequenos grupos de 4 ou 5 pessoas, façam um rodízio pelos diversos pontos.

Nos 5.ºs anos A e B do Ensino Fundamental I a metodologia foi utilizada para a revisão dos conteúdos para avaliação parcial (A1) de Língua Portuguesa no mês de março.

O trabalho em cada estação foi independente das outras, ou seja, teve começo, meio e fim, sem exigir um exercício prévio. Isso porque cada grupo vai começar em uma estação diferente e circular a partir daí.

Essa metodologia conta com três momentos essenciais: de interação entre alunos e professor (em que ele pode sanar dúvidas, orientar projetos, explicar conteúdos, fazer perguntas e provocar reflexões), de trabalho cooperativo (em que os estudantes trabalham em um projeto comum, propõem questões uns para os outros, organizam debates ou desenvolvem um produto que demonstre seu aprendizado) e de tecnologia (que pode incluir estudos individuais, exercícios online, pesquisas, games, entre outros).