Publicado em 24.10.2018 - Destaques, Eventos - Sem comentários

14.ª Mostra Cultural Científico-Literária.

DSC_0012                                                                         

Com a apresentação dos projetos anuais dos alunos da Educação Infantil e Ensino Fundamental I e dos projetos interdisciplinares do Ensino Fundamental II ao Ensino Médio, o Colégio Guilherme Dumont Villares realizou, no dia 20 de outubro, a sua 14.ª Mostra Cultural Científico-Literária.

O evento educacional e cultural promovido pela escola teve como tema “A diversidade cultural, patrimônio comum da humanidade…” e trouxe para o público a culminância da produção de projetos e trabalhos na área literária, científica e cultural realizada durante o ano letivo por todos os segmentos da escola.

Cópia de DSC_6940               DSC_0009

DSC_0013               DSC_0017

DSC_0027 (1)               DSC_0031

DSC_0034               DSC_0036

A Mostra Cultural Científico-Literária do GDV teve início em 1990, quando da realização da I Feira do Livro e, desde então, a cada três anos, homenageia autores consagrados da literatura nacional ou universal, estimulando a leitura e a análise de sua obra. Além das instalações de trabalhos, o evento sempre foi marcado por oferecer à comunidade diversas atrações, como feira de livros, palestras, encontros com autores, apresentações e outras manifestações culturais.

DSC_0213              DSC_0215

Ao longo desses anos, diversos autores foram homenageados pelo colégio, entre outros Monteiro Lobato, Machado de Assis, Guimarães Rosa, Júlio Verne, Jorge Amado e Thiago de Mello. Nesta 14.ª Mostra Cultural Científico-Literária, os alunos do 7.º ano do Ensino Fundamental II homenagearam a obra de José Mauro de Vasconcellos, com a exposição “Meu Pé de Laranja Lima”.

DSC_0041               DSC_0052

IMG_20181020_110636283               IMG-20181020-WA0027

A comemoração dos 70 Anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos esteve presente na 14.ª Mostra Cultural Científico-Literária do GDV em diversos trabalhos realizados pelos alunos, como no projeto “Malala e os Direitos Humanos”, produzido pelos alunos do 9.º ano, motivados pelas leituras das obras “Eu sou Malala”, Contos Africanos de Língua Portuguesa”, “Livro das Religiões” e estudo da Declaração Universal dos Direitos Humanos. Por sua vez, a 1.ª série do Ensino Médio, através de coletânea de textos produzidos pelos alunos ao longo de 2018 à luz da leitura e reflexão sobre a Declaração dos Direitos Humanos, apresentou o projeto Nenhum a menos – verbetes, minicontos e contos. Também sob a temática Direitos Humanos e Literatura foram montadas pelas turmas do Ensino Médio instalações do projeto “O Brasil que o Brasil não quer ver, baseadas nas obras Quarto de Despejo (Carolina Maria de Jesus), O Cortiço (Aluísio Azevedo), Clara dos Anjos (Lima Barreto), Negrinha (Monteiro Lobato), Navio Negreiro (Castro Alves) e Capitães de Areia (Jorge Amado). Nossa diversidade étnica, cultural e social foi mostrada na exposição “Os Brasís de Darcy Ribeiro”, da 2.ª série do Ensino Médio.

DSC_0052               DSC_0131

DSC_0147               DSC_0182

DSC_0188               DSC_0195

DSC_6956               DSC_6957

DSC_6975              DSC_7012

DSC_7166               DSC_7177

Espaço muito especial foi ocupado pelos alunos da Educação Infantil e do 1.º ano com os projetos relacionados com os direitos das crianças: O direito de brincar (Nível I e II), O direito e o dever de conhecer e respeitar o universo cultural (Nível III), O direito à saúde e dever de cuidar do corpo (Nível IV) e O direito e o dever de ter uma vida sustentável (1.ºs anos).

IMG_20181020_085932929_BURST000_COVER               IMG_20181020_085939223

IMG_20181020_094805434               IMG_20181020_095324272

IMG_5959    IMG_5960      IMG_5961     IMG_5974

IMG_5978    IMG_5982     IMG_6004       IMG_6006

IMG_6009               IMG_5958

Cidades sustentáveis, Krajberg e Revisitando Militão foram outras importantes instalações, alertando sobre o crescimento urbano desordenado e a devastação do meio ambiente. As alterações climáticas, por sua vez, ficaram a cargo dos alunos do Ensino Fundamental I que mostraram interessantes projetos ao público como Viagem ao Pantanal, inspirados na leitura do livro Almanaque dos Bichos do Brasil , de Rosane Pamplona, e Contos que Encantam, recontos de Fadas inspirados na obra Contos de Fadas Clássicos, apresentados pelos alunos do 2.º ano.

“Um passeio à casa mágica do Sr. Teobaldo” (3.º ano) levou o visitante a uma casa sustentável, toda construída e decorada com materiais reciclados, em forma de instalação sobre sustentabilidade e respeito ao meio ambiente. Já os alunos do 4.º ano apresentaram o projeto Saved the Planet – Uma Linguagem Universal, instalação baseada nos 5R – Repensar, Reduzir, Recusar, Reutilizar e Reciclar e mobilizaram os visitantes por meio de vídeos, músicas e declamações de cordéis – inspirados na leitura da obra Ludmilla e os doze meses, de Fábio Sombra.

Saúde e vulnerabilidade humana, foi a instalação e recital de poemas baseada na casa de Dona Sofia (A Caligrafia de Dona Sofia), projeto do 5.º ano tematizando os impactos das mudanças climáticas na saúde, especialmente dos idosos; enquanto o 6.º ano também abordou a temática sustentabilidade em seu projeto “What have you been doing?” (língua Inglesa), enquete e vídeos sobre a reflexão e conscientização sobre ação climática, tema também abordado pela série na instalação Os maias – esplendor e colapso de uma civilização, seguido de apresentação de teatro de bonecos com ênfase em Direitos Humanos.

DSC_0142               DSC_0079

DSC_0081               DSC_0142

DSC_0095               DSC_0096

DSC_6957               DSC_0104

Para o visitante ficaram claros os propósitos das atividades educacionais realizadas ao longo do ano pelo corpo docente e discente do GDV, que cumpre seu dever em promover o respeito à diversidade, à cultura de paz, à sustentabilidade e aos direitos humanos.